7 de jun de 2011

É para esse mundo que vou trazer meu filho?



Com essa era de suposta '' liberdade '' e  
direitos '' conquistados '' muitos casais
homoafetivos tem visto um suposto
'' mundo andar para frente ''.
Essa sensação de '' aceitação '' vem da
mídia e não da população real. Não
podemos abaixar a guarda por meia duzia
de migalhas do governo, eles acham que
um Disk 100 e uns benefícios vão nos calar. 
O mundo está longe de mudar. Pode está
passando a imagem que '' estamos in-
cluídos '', mas é só uma forma de tapar
o sol com a peneira.
A nova de alguns casais de longa data é
querer ter ou adotar um filho, motivo esse
que fez os evangélicos se manifestarem no-
vamente dessa vez contra o modelo de
familia homossexual ( Papai + papai =
a bebê\ Mamãe + mamãe = a bebê )
Eles querem tirar o nosso  direito de
criar uma criança com argumentos de alto
nível de preconceito, ainda tiveram a co-
ragem de colocar Deus no meio dessa
'' ditadura ''.


Deus  é amor, esperança, misericórdia ele
seria incapaz de tirar a felicidade de uma
criança. Deus é espírito santo, bondade,
que olha por todos nós.
Diante dele somos iguais independente de
cor, raça, orientação sexual e classe social, fo-
mos feitos para viver, prosperar e vencer.
Acho que essas pessoas que tem ti-
tulo de evangélicos deveriam orar mais
e parar de usar a palavra do Senhor
em suas obras de covardias.
É com enorme desanimo que me
pergunto: é para esse mundo que vou
trazer meu filho?
Mundo onde estão matando ao invés de
respeitar, onde as leis existem e não
tem vigor. Fico pensando no precon-
ceito que ele vai sofrer na escola
por ter duas mães, quando eu quiser
batiza - lo a burocracia que vai ser.
Mundo cruel esse que nos humilham
pelas nossas diferenças, onde as qua-
lidades nunca foram o suficiente. 


Procuro crer que o mundo tem '' cura '' e
essa tempestade vai passar. E quando
o sol chegar vou estar com minha
mulher e nosso filho vivendo em paz.


A vida ainda irá sorrir para você caro (a)  leitor (a)



2 comentários:

  1. Discordo em parte. Acho que ainda temos muito o que melhorar sim, mas penso que estamos no caminho! É que, citando Milton Nascimento, eu possuo essa estranha mania de ter fé na vida!!
    Beeijos, G.

    ResponderExcluir
  2. Eu sabia que você iria discordar G rsrs
    Mas agradeço pelo seu ponto de vista, é sempre bom ler opiniões diferentes. Para isso que serve a caixa de comentários para opinar, deixar sugestão, criticar um determinado assunto e você querida amiga sabe usa - la muito bem. :) Fico agradecida pois contigo nunca fico presa ao meu pensamento.

    ResponderExcluir