22 de dez de 2010

Beatrise.

Esse é um conto baseado, no momento atual, de minha vida.


Inúmeras são as fases dessa menina
mulher. Sensual quando quer, discreta na
maioria das vezes, sim! E Alegre.
17 anos e queria procurar por algo, que a
completasse. Algo que até esse instante não
havia encontrado, apesar de ter experimentado.
Acho que para ir atrás desse sentimento, teria
uma luta em busca de liberdade. Liberdade
essa mínima: que era do tamanho de um grão
de arroz.



Em umas de suas saídas à cidades vizinhas,
conheceu Yulia: uma menina bem diferente dos
seus padrões de beleza seguidos.
Yulia podia ser descrevida como: uma machinho que
roubou seu coração e não quis devolver. Estatura
mediana, cabelos compridos, pele branca e olhos castanhos.
Beatrise achou nada mal; gostava de mãos firmes
e isso sua ficante tinha. Além de outras qualidades,
descobertas aos poucos.


Seu medo era de gostar. Gostar o suficiente a ponto de
cometer loucuras. No entanto não podia largar o  che-
iro de rosas brancas, afinal! Era uma mulher de inúmeras
fase: mulher essa que sabe o que quer.
Ficar passou a ser insuficiente para ambas as partes,
portanto Yulia pediu sua amada em namoro. Beatrise
recusou o pedido: sua família não sabe e nem imagina
que ela tinha, orientação diferente de heterossexual.
Ali foi o fim de tudo, porque para ficar assim, na
clandestinidade é melhor ficarem sozinhas. [\Concluiu Yulia]
Atualmente faz 5 anos que não se vêem. Os destinos
seguiram os seguintes caminhos: Yulia conheceu uma
menina e se casou, enquanto Beatrise deixou de viver por
pensar nos outros. Não se assumiu e está namorando
com um homem, levando uma vida infeliz e vazia.

A moral das história é: Tenha coragem! Se arrisque, não
abra mão daquilo que você acha certo. Porque no
final a infelicidade é só sua; digo uma coisa: Não
tem nada pior que o arrependimento.

                                                        |  Espero que o conselho sirva |




Christina Aguilera.

Antes


Depois


É mais uma do time das cantoras teen, febre
de 1999 que conseguiu atravessar uma década.
Lógico que sua aparência mudou, até porque a idade
não é a de 10 anos trás. Seus cabelos mudaram, após
ter um filho recente, seu corpo aderiu uma nova
forma, o modo de se vestir é o de uma mulher adulta.
Mas mesmo com essas transições toda, continuo
achando - a uma grande estrela; pode não ser
mais teen, porém é uma das Divas.
Com o lançamento de Lady Gaga, Christina que
estava sumida desdo seu ultimo álbum Back to Basic:
decidiu voltar a ativa.
Com a promessa de ousadia os fãs da loira podem come-
morar: Aguilera afirma que vai trabalhar ao
extremo e que irá compensar todo o tempo perdido.

Aproveitem o vídeo picante da música: Not myself tonight

14 de dez de 2010

G do Serginho.

Para atráir o time masculino
resolvi, fazer uma senhora pos-
tagem.
Pintosos podem bater o cabelão, que
chegou a G do Serginho. São
8 fotos exclusivas públicadas,
espero que gostem!

                               ( A autora )

OBS: As fotos são acompanhadas por comentários.


Nessa foto serginho está bem comportado.


Nessa Serginho está sentado com uma cobra,em uma pose bem sensual. A direita a foto da capa da revista.



Essa foto completa a foto anterior. O clima continua apimentado e cheio de estilo. Nota 9.5



Serginho demonstrou tamanha intimidade com a cobra. Parecia até, que ela era de enfeite. Mas era de verdade e ficou linda a foto.Gostei bastante da naturalidade dele perante ao animal.

Nessa foto Serginho está bem descolado: com o seu oculos RESTART.

Espero que tenham gostado dessas 5 fotos.
Depois eu coloco as outras 3, prometidas.
Não quero só um publico feminino, apesar
de eu escrever muito para nós: lésbicas
Pus a G para atrair os meninos, a pro-
posta é: um grupo de homossexuais em
geral.
                                      
                                              | Dicliife |
                          



9 de dez de 2010

Universo butch II

                   
                                                                 
O preconceito é maior, eu percebo.
Na rua os olhares incomodam, os
comentários do tipo: como Deus permite
isso? Ou ai! Parece um homem.
Estou acostumado com tudo isso, pra vocês
terem noção: nem precisei me assumir!
Ganhei o rotulo de cara, o que achei ex-
tremo absurdo.
O objetivo de eu abordar esse tema, é para
monstrar o dia - a - dia de um universo até en-
tão desconhecido.
É fácil nas boates: ser chamado de bonitinho. O que
machuca é o dia seguinte a realidade nua e crua.
O acontecimento mais traumático que eu passei
foi: em uma festa, eu entrar no banheiro feminino como o
de constume e uma senhora, me confundir com um
homem e chamar os seguranças do local.
Foi uma senssação horrivel, parecia que eu era  um
maniaco. Garoto você é maluco? [\perguntou um dos
seguranças] Não. Desculpe...mas eu sou...menina [\res-
pondi com firmesa]
Outro caso é ir comprar roupas e ainda ter a-
quelas revendedoras séculos XIX C&A por exemplo:
eu com a bermuda Jeans de 6 bolsos
da Enzo e a regata da Calvin Klein pronta para
pagar e ela me vem com: é pro seu namorado? [\eu res-
pondi, curta e grossa: não. É pra mim.]


                                                                                  | Até a próxima |

Universo butch



A cada dia que passa milhares de me-
ninas se assumem lésbicas. Outras
conseguem ficar pelo resto da vida, na
onda do bissexual.
Mas essa atitude só funciona, quando a
menina é feminina o bastante para confun-
dir a sociedade.
Existe mulheres casadas com homem, que no
caso se dizem hetero que em segredo: tem
fantasias sexuais com outras mulheres.
E o que dizer de nós butch? As famosas sapa-
tões da sociedade. Não tem como nós mascu-
linas nos esconder, o que torna difícil escapar do
preconceito.
Muitas pessoas leigas alegam que queremos apare-
cer, que para gostar de mulher não precisa se ves-
tir de homem.

Argumento: Pode até ser, porém acho que estilo não tem
nada haver com sexualidade. Me visto assim por que me
sinto avontade, acho bonito camisas de time, bonés, ide-
pendente de eu ser lésbica.
Posso muito bem ser masculina e gostar de homens: o que não é
o caso.
                 
                                                   Continua...



3 de dez de 2010

Quebrando o aquário.



Angélica Morango nossa musa do BBB 10,
reuniu uma série de contos e publicou
um livro. Os contos foram todos escritos por
ela, durante a infância e adolescência; tem alguns
recentes que falam sobre a sua estadia na casa do
BBB.
Angélica disse em entrevistas que o lançamento de
seu livro é um sonho, sendo realizado.
Ela deixa bem claro que ocontrário que alguns pen-
sem: o livro não é biografia, nem os contos
são eróticos.
O titulo ela explica que tem haver com o seu signo
peixes e com as barreiras que vem quebrado ao
longo dos anos.

0#11.300115002



Não foi possivel completar a cha-
mada com o número discado. Use
a lista telefônica e tente novamente.

0#11.300115002

O número que você ligou se encontra o-
cupado.

Será que ela me deu o número errado? Não
pode ser, nosso encontro foi tão bom!
Só se...ela não achou o mesmo ou me-
lhor...besteira minha. O telefone
deve ter descarregado, aparelho sem fio
nos deixam na mão.

0#11.300115002

Tive a impreensão que atendeu e desligou. Mas
eu sei o porque: meu número é novo, no iden-
tificador de chamadas dela.

0#11.300115002

Chamando...

- Alô!
- Oi! Poderia...falar com a Jordana?
- Quem quer falar com ela?
- É a Luciana amiga dela
- Ela não se encontra. E se é amiga,
deve saber de mim: sou Débora esposa
dela.
- É? Legal!
- Quer deixa recado?
- Não obrigada.

Fim de chamada...

Cuidado! Para quando sair, não sair com mulher ca-
sada. Por que para elas não passamos de uma
aventura; para nós elas acabam sendo um gran-
de amor.
Quem sou eu para dizer o que é certo? Porém
deixo um conselho de amiga:
Opte por pessoas solteiras, não contribua para
a destruição de um lar. Se ponha no lugar da
pessoa traída; não faça com os outros, aquilo
que você não quer que façam contigo.


Uma pessoa solteira é livre para amar. Uma
casada não irá sobreviver...a dois amores.


                                         | Até a próxima |

20 de nov de 2010

Era uma vez Carolina.

Postagem exclusiva as fãs de Ana Carolina.


Aos 13 anos conheci Carolina e desde então
me apaixonei por ela.
Aos 14 me descobri lésbica e adivinha: era
ela a mulher escondida na letra de tantas can-
ções. Nessa mesma época subi bem alto
para gritar que é amor e passei por uma
louca tempestade.
Aos 15 anos era isso ai, o que agente achou
que ia ser.
Aos 16 bati na sua porta de noite, completa-
mente nua.
Aos 17 eu só queria saber: em qual rua
minha vida ia encostar na tua.
Aos 19 assumi o nosso amor. Por que eu gos-
to é de rosas.

( Poema escrito por Jenny Dicliife. )


 MY PLAYLIST



Louca tempestade
Nua
Quem de nós dois
Confesso
Elevador
Pra rua me levar

                                     Montem suas fevoritas da Ana através dos comentários.

19 de nov de 2010

Nise Palhares.



'' Não ganhou o Ídolos, mas teve
coragem, de chegar até lá ''. ( Dicliife )


'' Para mim já era um talento '' ( Mr Cook )

Também acho! Tinha tudo para ganhar, só dela ter
ficado em 2º lugar provou o seu potên-
cial.
Nise é o meu Ídolo idependente da Record. Ela
já é 1º lugar por ter sido, nossa represen-
tante no programa.
Divertida, estilosa, boa pinta, pacote completo...
Marmelada do 13, não ter dado o titulo de ar-
tista para quem realmente, merecia.

Ouvi dizer que foi por conta da emissora ser e-
vangélica. Poxa, o que tem haver sexuali-
dade com música?
Se fosse assim, o programa seria para canto-
res Gospel [\PS. não sou tão leiga\]
O Importante é o meu carinho pela Nise;
por favor! Grave um CD para mim.

Para matar a saudade:




                                                                                                      | Amo muitão |


18 de nov de 2010

As 5 maiores pérolas da PG de Copa.



Parada de Copa, gente bonita. Varias
Classes sociais reunidas; cenário per-
feito para as pérolas.

As seguir os 5 maiores King - Kong:

  1.  O viado pobre passa e fala assim pro viado rico: Aqui em Copacabana vocês bebem muita água né? Ai o biba rica, levanta a sobrancelha e alfineta: É! Por que a água daqui é gostosa. Não é água de barro igual as da baixada.  | Huahuahua |
  2. Eu falo pra minha amiga assim: Papataum tomara que a Morango venha! E não é que a disgramada me responde: Eu hein! Moranguinho coisa nenhuma. To cansado dessas mulheres frutas! É melão, é uva, melancia...isso não é baile porra. OBS: A Morango que eu me referia, era a Angélica do BBB 10.
  3. O bombadão passa e fala pros meus amigos: Viado é foda né? Come até porpurina pra ver se brilha o céu da boca. Um dos meus amigos responde: Homem escroto de academia que é mais foda: Toma até bomba de cavalo pra disfarçar que dá o cú. | risos descontrolados |
  4. A menina do metro diz: Ai você é lésbica! Ai eu mais idiota respondo: Não! meu nome é Jenny. | risos |
  5.  As travestir mineira olha pro trio dos famosos e grita: Arrazou! Aquele não é o João Walace? E a travecon vestida de Lady Gaga da um treco: Vai chupar um canavial de rola! É Jean Welys. Ô povo paraiba!
Detalhe era o Jean Wylys. | Huahuahua essa eu ri.. |



                                             | Compartilhem o link do texto com os amigos! |






Responda III

Fim de ano chegando e eu ressucitando,
algumas séries mofadas do blog.
O sucesso Responda está de volta, com a
sua 3ª parte. São perguntas feitas por mim;
respondidas por vocês leitoras. através dos
comentários.

a ) Das fantasias sexuais a melhor é: Enfemeira,
colegial ou a policial?

b ) Vem por cima ou por baixo?

c ) Black ou L.A?

d ) Língua, dedos ou consolo?

e ) Pegada com carinho ou firme?

f  ) Morango do BBB 10 ou Priscila do BBB 9?

g ) O que acha desse bordão?  Beyoncé, viado, sapatão, bate o cabelão.


        | Colaborem! |

15 de nov de 2010

PG de Copacabana.





 
Ontem  14/11/10  foi o dia mais esperado
e colorido do ano. O dia da Parada mais
especialissima, de Copacabana.
Como o de esperado fui cheio de glamour, um
dos bofinhos mais lindos. << nada contra os concorrentes >>
 Enfim a cidade maravilhosa ficou banhada com
as cores do arco - iris.









Muita gente bonita, gays de todos os estilos e  
uma ladys que são um avião << UAU >>
O lema desse ano foi casamento civil e milhares
de artistas estavam lá apoiando a causa.
Jean Wylys foi figurinha carimbada da festa
entre outros.
Só tive que tomar cuidado com a Record << risos >> Não
estava pronta para me assumir ao vivo.                 
Imagine! Em rede nacional, que luxo viado.                                    
                                             
                                                                                                                                                          

Os trios elétricos todos ótimos, os dos Go go boys
um delirio para os pintosos.
O que eu achei um charme foi o da Cine
Ideal: brindes , luzes , mulheres...etc
A luta pela criminalização da homofobia foi carro
forte, espalados em camisas, faixas, cartazes entre os
participantes da parada.



 
Fico feliz por tudo ter ficado bem, pela tarde maravilhosa com meus
amigos, viva a diversidade.


                                               (L))))))



9 de nov de 2010

Divisão.



De umas postagens para cá, os
leitores devem está notando o tema LGBT
em evidência. Deixo claro que de forma
alguma, pretendo mudar o modo de
ser das pessoas. Cada um é e pensa
de um jeito; não quero para mim
a imagem de apológica << apesar de eu ser...
na maioria das vezes. >>
Vou escrever para todos, não pretendo resumir
a um público alvo; porém o nucleo do blog
é gay.
O titulo Divisão soa curioso: por que não é divisão
social. Pobres, ricos e classe média. Tanpouco divi-
são racial: branco, morenos, negros.
O assunto finalmente não é politica << risos >> Ve-
nho levemente notando o surgimento de grupos en-
tre nós homossexuais. O que não deveria existir, já
que defendemos o lema de igualdade.
É dificil acreditar que no nosso meio tenha pre-
conceito, mas infelizmente não deixo passar ba-
tido; aproveito para um apelo:
Lésbicas femininas discriminam as masculinas, os tra-
vestis brigam com os gays, os gays excluem os trans-
sexuais.

Me pergunto, até quando isso irá continuar?

'' Somos uma familia; uma familia só é feliz na base do respeito ''. ( Dicliife )

Brasil em 7 cores



Após tanta luta, fé, coragem nós
conseguimos realizar o nosso
sonho para um Brasil melhor.
A Dilma foi eleita e é a 1ª mulher a
chegar a presidência do país.
Foi árdua a briga nas urnas, os debates
Dilma X Serra confundiram a população a
ponto, de muitos deixarem de votar. 2 votos
fizeram a diferença e deu a ela o posto máximo,
tão esperado.
Eu acreditei até o fim. Bebi das ultimas gotinhas
de esperança no 13, fui guerreira!
Agora quero ver se o PT vai cumprir com o
prometido: casamento LGBT e a lei contra
a homofobia.
Por que o Brasil é machista pela lógica, o orgu-
lho hetero teria elegido o Serra. Com Dilma
no poder permito - me a chegar na seguinte conclusão:
que o número de homossexual cresceu.
A proposta foi tentadora e as espec-
tativas continuam, causa forte que se
não for executada trará revolta.
O Brasil em 7 cores...14 de Novembro vou
levantar a bandeira que reflete o meu eu, a
realidade de quase 30% dos adolescentes
atuais.
Liberdade a nós! Que a Dilma seja mulher o
suficiente, para apoiar e fazer valer o que
foi dito.


Espero que a oposição não tire a nossa paz. Quero
uma parada de Copa: sem violência.


                                                                                                  | Um brinde a todos. |


8 de nov de 2010

Parentada




Chegando de Angra dos Reis torra-
da de sol, esse é o meu estado a-
tual.

No entanto a ida, não foi simples. Ai
é que vem o maior desafio da viagem: a
parentada.
Tio chato pra cá, madrinha futriqueira pra lá,
avó diabética, primo pastor, cucunhada da
irmã do namorado da prima e finalmente...eu.
O paraíso são as praias; mas com elas vão
estar: os estraga prazeres.
O namorado da prima que mesmo eu sendo o
que sou, não deixava de falar gracinhas. Tais
como: cuidado comigo, isso é por que eu estou amarra-
do. E a peróla: Desculpa! As duas são muito i-
guais.
Foram 3 dias aturando afilhado mimado, per-
guntas ilógicas como: 19 anos...não tem namo-
rado por que? Tendo em vista o fato: que
minha prima de 13 anos namora. Eu
estava com eles de mascara o que não
é confortável, e sim o cabivel; pois
são homofóbicos.
No fim Angra serviu para me distra-
ir e perceber: que sou uma ótima atriz.
                                                                                        Fim.

2 de nov de 2010

Lei contra a homofobia.


'' As vezes fico meio...assim de sair
de casa. Por que se olhar bem...não
tem nenhuma lei que me defenda, por eu
ser lésbica ''. ( A. 16 anos moradora de
Ipanema RJ )

'' Na escola aonde estudo, os caras não que-
rem nem saber: é gay eles já saem baten-
do ''. ( B. Soares 17 anos 2º ano do En-
sino médio )

'' É um absurdo a ideia de nos queimarem
vivo! Isso não se faz nem com o pior dos
bandidos.
Em relação a igreja, será que os padres pedó-
filos daquela época, pensavam em alguma san-
tidade quando faziam tamanha barbaridade? '' ( Mr Cook )

Esses depoimentos foram recolhidos, através de uma mi-
ne entrevista que fiz com os adolescente homosse-
suais, que frequentam o bar: Recantus.
Entre eles dou destaque para o de um travesti que
como os outros não quis identificar o nome.

'' Tenho 18 anos e sou travesti, apesar
da minha pouca idade tenho experiên-
cia no ramo. O que eu acho é o seguin-
te: só por que sou gay, eu quero dá o cú pra
todo mundo? Só por que sou travesti, tenho
que ser ladrão e cheirador de cola?
Eu acho que não é por ai! Não é por conta que gos-
to de homem: que vou dar em cima dos casados,
do meu primo, do namorado da minha amiga...etc
Nos comparam com prostitutas, para os heteros so-
mos estoques do virús HIV.
Uma vez apanhei de um grupo de vagabundos
na rua, tomei coragem e fui prestar queixa:
o policial teve o atrevimento de alegar, que
eu devo ter mexido com eles; por não quere-
rem fazer programa saíram do sério e
me bateram. Vê se pode um filho da puta
desses! '' ( D. E. de Melo morador de Tomaz Coelho RJ )



Precisamos de uma lei que torne oficial a homo-
fobia crime. A sociedade não precisa nos
aceitar e muito menos nos receber de bra-
ços abertos, porém serão obrigados a nos
tolerar e respeitar como aos outros
seres - humanos.
                                                                                          *__*

30 de out de 2010

Sou menina de moicano.


Cansaram de me falar: corte de mulher
é diferente dos de homem.
Tá na moda, porém é só para meninos. Ou
tem certeza? Que você uma menina tão bonita,
quer fazer isso no cabelo.
Esses foram os questionamentos que ouvi, antes
de fazer meu moicano. Minhas respostas fo-
ram: não acho diferente. Para menino, idái?
Tenho o gosto é meu.
Continuo sendo mulher, só por conta do moi-
cano virei homem? Eu sou lésbica idepen-
dente do cabelo curto.
E lésbica não é virar homem, é gostar de mulher
pelo amor de Maria Rita! Não confunda cú com
bunda. << risos >>
Muitas vão me perguntar se sou bofinho, a
resposta é sou. E não me venham me dizer
que é por conta do moicano. << zôa >>
Menina de moicano para mim é sinonimo de atitude
idependente da sua sexualidade.


E ai gatas o que acharam do meu?


Intimidade



Seria mais saudável se eu me conformasse a perder as pessoas que amo ( Dicliife )

Eu sempre prometo pra mim mesma, que não vou chorar, no
termino de um namoro. E no fim apesar de eu ter prepa-
rado meu psicológico para o pior desabo.
Desabo demonstrando minhas fraquezas para a pessoa.
Nada muda, nós choramos envão por que lágrimas, não faz
voltar atrás. E sofrer não muda o fato de eu está so-
zinha, porem chorar é inevitável.
É a única forma de demonstrar a dor da perda e o quan-
to a pessoa amada é especial.
Nós somos seres humanos e precisamos um do outro. Mas
é preciso as vezes ficar sozinho: para ver que a vida vai
além de morrer de amor.

Talvez se eu me convencer, que nada dura para sempre. E que a vida é feita de momentos, quem sabe... eu me torne mais feliz ( Dicliife )

   Caras leitoras estou encarecida de comentários. Por favor diga o que achou do texto.

Taylor Swift


Na minha opinião é uma cantora diferente. Não sei
bem qual é o seu estilo, mas tá parecendo  ser pop.
Um pop romântico, que encanta a qualquer um. Não
consigo achar modinha, pois apesar do pop as le-
tras não são chicletes, tirando o sucesso You Belong With Me
é claro!

Dê uma olhada no clipe Mine:

Mallu Magalhães.


Lembram da Mallu? Aquela menininha de 15 anos
que fez sucesso relâmpago.
Se não a conhecem, chegou a oportunidade de
saber um pouco desse talento. Talento esse que
infelizmente foi esquecido.
Mallu Magalhães não é o padrão da moda, o estilo musical
Jazz,Blues e Soul não faz o gosto do supos-
to publico alvo;os adolescentes.
O seu sucesso foi por um vídeo engraçado o Tchubaruba.
Depois se resumiu a pequenos trabalhos como
cantora: apareceu no programa Tira a onda, fez uma
turnê de 2 shows em São Paulo e só.
Eu vou além da midia por isso amo Mallu Magalhães o ta-
lento dela para mim é: idependente de sucesso, de shows
lotados, de clipes no TVZ, de milhões de cópias de
CDs.
Acho que o esquecimento é devido aos supostos
novos talentos descartáveis. Mallu é a versão
didática da Gadú; se olharmos bem as duas so-
frem do mesmo problema: porém a Gadú tem
meios para continuar em evidência.


Aqui está Tchubaruba da Mallu Magalhães.

25 de out de 2010

Lésbica adolescente IV

Lembra da série que eu criei a uns
6 mesês atrás? A resposta obvia para essa
pergunta é o famoso não.
Foi uma série de 3 textos,que na época esperou
continuação. Era entitulada '' Lésbicas adolescentes ''
e falava da descoberta, das dúvidas, do primeiro amor.
 Reunia situações vividas por uma adolescente homossexual.
Situações comuns para a idade, dos 14,15,16 anos. Eu deixei
de lado. Porém estou de volta com o L.A IV - Tempos atuais.


 '' Quando o amor envenena a alma e alimenta a dor.'' ( Dicliife )


   Acho que a palavra usada entre nós duas foi amor. A ilusão
   imposta, engolida a seco o ''sonho'' da nossa...relação.
   O cheiro da ''verdade'' o brilho da sua felicidade e no pensamento
                                        um adeus.
     Acho que amei demais e esse foi o meu erro! Ter dado a certeza.
     Adoro a sua ''preocupação'' o quanto estou ''fazendo falta''.  Carinho,        calor de corpos apaixonados, eu e você.    19 anos esquecendo um amor com outro amor: matando os erros. Matando se alimentando...da dor.
            
     '' Sigo amando. ''


                                                     | Paz a todas e comentem. |