18 de jan de 2012

Na geladeira



Entramos o ano com programas nada edificantes como
é o caso do BBB. Depois desse escândalo envolvendo
os participantes, eu acho que é o fim da linha para
ele. Já deu! Será que as emissoras não enxergam
que esse formato de programa ''O Reality'' é assunto
de década passada e nós brasileiros evoluímos
nesses tempos.
Foi época que mais da metade da população sinto-
nizavam seus televisores na Casa dos artistas, No
limite, BBB. Hoje subiu a taxa de pessoas que 
selecionam o que irão assistir na televisão, a 
procura do conhecimento tem feito programas como:
Márcia, Pânico na Tv, BBB cair em picos de audiência.
Quem quer conhecimento vem optando por programas
como: Telecurso, SBT Repórter, Conta corrente, GNT.doc.
Até as novelas estão sendo deixadas de lado programas
como: Base aliada, Super bonita,  Ellen Degeneres
entraram na grade da mulherada.
Eu acho que a Tv aberta tem conteúdos excelentes! Não
sei se vocês leitores concordam comigo. Porém todo esse
conteúdo brilhante se encontra na geladeira. 
Desenhos a dar com o pau e meus irmãos menores tendo
a infância resumida a Ben 10, Naruto, Bakugan que se
prestar atenção só ensinam violência e perversidade. Cadê
os Ursinhos carinhosos, O fantástico mundo de Bobby, A
família camondongo, Os pequeninos?
Desenhos esses que ensinavam valores como a amizade,
espírito de equipe, amor ao próximo, imaginação. Pro-
gramas que mudaram uma geração estão no congelador
e não me conformo; Em nome do amor, Passa ou Repassa,
Programa livre, Tudo por brinquedo, Os trapalhões.
Acho que poderiam sim serem reprisados! Seria um alívio
para a população que está sendo entupida com grades
de programação de péssima qualidade.
Reprisam novelas, o SBT é campeão de reprises no horário
da tarde. Pensem comigo! Ao invés de colocarem Fas-
cinação, Pícara sonhadora poem Blossom, Punk a
levada da breca, Sétimo céu. 

Infelizmente não é assim, eles sabem que estamos cansado,
mas insistem em nos alienar. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário